sexta-feira, 14 de novembro de 2014

O inverno chegando... e a saúde com isso?

Outono indo embora, horário de inverno já começou (atrasamos os relógios em uma hora, dia 26.10)... É hora de tirar o casaco do armário e começar a pensar em algumas coisas, pra garantir que sua saúde vai continuar linda, leve e saltitante, mesmo congelada!

Aviso: esse post é quase autobiográfico. Quase tudo é baseado na minha própria experiência, já que eu cheguei aqui em setembro/2012, comecinho do frio, e peguei logo o pior inverno de todos os tempos desde que começaram a medir (não tô exagerando, foi mesmo). E pra completar, meu estágio era no zoológico, que é uma região mais alta, e consequentemente, mais fria. E não contente, eu tinha que ficar sentada, parada, quase o tempo todo, no ar livre (e gelado). #tadinhodemim

Ou seja... agora eu tenho TODAS as dicas pra você, querid@ leitor@ (especialmente pras meninas), não passar sufoco com o frio congelante dessas terras germânicas!

Pra vocês verem que eu não estou mentindo... sintam só, um dia relativamente comum no meu estágio:




Meu local de trabalho nos primeiros meses de Alemanha... brrr!


Mas, vamos ao que interessa.


Vitamina D

Sério, o lance da vitamina D não é balela.

A vitamina D é aquela que só é sintetizada no nosso corpo com exposição ao sol. Aqui no hemisfério norte, mesmo que a gente se exponha bastante ao sol, o ângulo em que ele incide na nossa pele não é muito favorável. No verão até vá lá, mas no inverno, com a quantidade super reduzida de horas de luz por dia, não vai ser suficiente MESMO. Além disso, a quantidade de vitamina D nos alimentos nessa época também fica reduzida.

E por que eu devo me preocupar com a vitamina D? Porque ela está associada à regulação de muitas coisas no nosso organismo, principalmente com absorção de cálcio, mas não só. A falta da vitamina D causa problemas desde deixar o nosso sistema imunológico mais fraquinho, até a famosa Winterdepression, ou depressão de inverno, que é uma questão muito séria por aqui. A gente se sente mesmo com sintomas de depressão, e não é mera coincidência que todo ano se observa um aumento nos casos de suicídio nessa época do ano.

Como faz então? Muito fácil. Nas drogarias tipo dm você encontra várias marcas de vitamina D, que podem ser compradas sem receita. A vitamina D2 é de origem vegetal, e a D3, de origem animal. Tem cápsulas pra serem tomadas diariamente (que eu recomendo) e também pra tomar 1 vez só na semana. E não são caras não, custam cerca de € 2,50 a caixa com 40 cápsulas (pra 40 dias). Eu não tomei o ano passado, e estou tomando esse ano... E apesar de ainda não ter chegado o invernão, e esse ano ter tido sol e temperaturas legaizinhas até final de Outubro, eu já sinto uma grande diferença!

Mas se eu tomar vitamina D assim por conta, não corro o risco de hiperdosagem? Não. A que vende nas drogarias da vida, tipo a dm, sem receita, é uma dose de geralmente 25 microgramas/dia (800 i.E). A hiperdosagem parece acontecer com ingestão de 10x essa quantidade, então, não precisa se preocupar. Fora que morando aqui você provavelmente vai estar com deficit de vitamina D, precisando mesmo de suplementação.


Vitamina D, comprada na dm



Pele seca

Se você tinha pele oleosa no Brasil, já deve ter notado que aqui ela ficou bem diferente. No inverno é imprescindível usar manteiga de cacau ou similares na boca, creme no rosto, nas mãos (carregue na bolsa!), nos pés... Se nada disso estiver adiantando, duas dicas: 

1. Bepantol, aquela pomada pra bumbum de nenê, que também se usa sobre as tatuagens logo que acaba de fazer. Ela ajuda a regenerar a pele, principalmente se usar na hora de dormir, já que é durante o sono que a nossa pele mais se recompõe. Encontra-se fácil na dm e em qualquer Apotheke. Chama Bepanthol na Alemanha, e aqui eles tem toda uma linha com cremes, lipbalm, tal... Mas a pomada de bumbum de nenê é a que é imbatível nesses casos mais drásticos. Essa dica é válida principalmente pra lábios rachados e nariz descamando de tanto assoar - porque no inverno, o nariz "pinga" o tempo inteiro... se possível, opte por lenços de papel bem fofinhos, seu nariz vai agradecer!


Bepantol creme/pomada, que eu comprei no Brasil (baby e derma, tanto faz, são a mesma coisa) e o Lippencreme comprado aqui, já que durante o dia não rola passar a pomada nos lábios, porque fica esbranquiçado. Pra dormir o melhor é a pomada mesmo, minha dermatologista que indicou, faz milagres!


2. Máscara de mel e azeite, tanto pro rosto como pra ouras partes que estiverem muito secas, como pernas e pés. Misture mel e azeite de oliva extravirgem, e um pouquinho de leite pra ajudar a misturar, se quiser. Tem que ficar uma mistura não muito líquida, senão você não consegue aplicar muito bem. No começo, misture de pouquinho cada coisa, pra ir vendo a consistência. Antes do banho, é só aplicar com os dedos ou pincel de maquiagem limpinho, e deixar uns 15-20 min, até dar uma secada. No banho só enxague, ou use bem pouco sabonete (não vai ficar cheirando Caesar Salat, pode confiar!rs). Ajuda SUPER.


Cuidados gerais

Meninas, essa é pra vocês, uma dica vinda de uma mãe alemã que manja dos paranauês: não sentem em lugares frios. Sempre use uma almofada na cadeira, nunca sente direto no chão ou concreto, etc. E mantenha a região da barriga sempre bem aquecida, seja com calça térmica, com aquelas cintas térmicas (tipo uma flanelinha que passa em volta da barriga, com velcro pra fechar atrás), camiseta mais comprida, tal. Isso vai evitar que você tenha problemas na bexiga, com sintomas como se fossem de infecção urinária. 

Nunca saia de cabelo molhado... MESMO. Se estiver muito frio, seu cabelo pode até congelar (!). Seque bem o cabelo antes de sair, e, de preferência, não esqueça a touca.

Roupas: use aquelas calças de por embaixo da calça, várias camadas de blusinhas/camisetas, luvas (pra evitar rachaduras de frio nas mãos), touca, cachecol, tudo que tenha direito. Quanto mais camadas de roupas finas e leves, ao invés de peças pesadas e grossas, melhor. Além de você poder tirar o casaco e as camadas quando entra em locais quentes, conseguindo controlar melhor a temperatura, ter menos peso de roupa sobre o corpo é um alívio enorme! E a touca é uma peça chave, já que grande parte do calor a gente perde pela cabeça. O problema é só aquele cabelo zuado na hora que entra num lugar aquecido, né, mas enfim. rs

Se for andar de bike no friozão, é legal usar tipo um pano que você põe sobre o nariz e boca (um "cachecol" que é só uma flanela, fecha com velcro atrás). Costuma ter em todo lugar pra vender e custa em torno de  5. Respirar o ar muito gelado enquanto anda de bike não é legal, já que seu corpo está quente.


Ventile a casa ao menos uma vez por dia

Isso é muito importante. O melhor é abrir tudo de uma vez, por 10-15 minutos. Quando sentir que o ar está muito seco, vale abrir alguma janela por um tempinho também. Pra ajudar nessa questão do ar muito seco, coloque uma bacia de água perto do aquecedor (ou em cima do forno, se sua casa for antiga como a minha e o aquecedor for desses), ou uma toalha encharcada dentro de uma bacia. Aqui em casa eu costumo estender as roupas dentro de casa, em varal de chão, em um dos cômodos, que vai dar o mesmo efeito de ajudar a repor a umidade do ar.


Bolsa de água quente

Tenha uma em casa, principalmente se seu aquecedor não for super-mega-ultra, como é o caso aqui em casa. Naquelas horas em que você precisa estudar ou ficar parado muito tempo e dá aquela congelada, a Wärmflasche vai ser sua melhor amiga! Também é sensacional pra aliviar dor nas costas, no pescoço/ombro, nos pés, cólicas, etc.




Coma bem e lembre-se - vitamina C é tudo na vida!

Mas isso você já sabe. Só vale o toque porque  no inverno só dá vontade de comer crepe com nutella, bolo com café, pãozinho com salsicha na rua... É bom lembrar dessa parte, em meio a todo o chantilly e Bratwurst. No inverno a oferta de frutas regionais não é lá grande coisa, mas as maçãs, peras, limões sicilianos e Quitten estarão lá; também dá pra tomar sucos com vitamina C, e incluir brócolis, couve-flor ou outros vegetais que tenham vitamina C nas refeições. De acordo com esse estudo polonês, os Apfel Chips conservam cerca de 80% da vitamina C da maçã fresca, ou seja, uma ótima fonte de vitamina C no inverno.


 Apfel Chips feitas aqui em casa (chips de maçã seca). Ficam ótimas e duram muito! É fácil achar pra comprar também.



E por último, mas não menos importante... Exercite-se!

Claro que não dá vontade nenhuma de fazer caminhada quando tá 0ºC, eu BEM sei... Mas se exercitar é muito importante no inverno, tanto pra evitar a Winterdepression (mesmo que você não goste, não sinta prazer com o exercício físico, é uma questão fisiológica - as substâncias que seu corpo produz quando se mexe evitam a depressão), quanto pro sistema imunológico funcionar direitinho. Vale dançar zumba dentro de casa (os alemães adoram Zumba!rs), fazer polichinelo na sala, Yoga, qualquer coisa.


Sem desculpa, levante do sofá e caminhe dentro de casa com a Jane Fonda.



É isso, acho. E você, tem algum comentário sobre essas dicas que eu citei? Tem alguma dica valiosa pra encarar o frio congelante do inverno? Coloque aí embaixo nos comentários! :)

Aufwiedersehen!





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget